Quarta-feira, 31 de Maio de 2006

Lição 360 - Que a paz esteja comigo, o Filho santo de Deus.

Que a paz esteja comigo, o Filho santo de Deus.
Que a paz esteja com meu irmão, que é um comigo.
Que o mundo todo seja abençoado pela paz através de nós.
Pai, é a Tua paz que quero dar, recebendo-a de Ti.
Sou o Teu Filho, para sempre tal como me criaste, pois os Grandes Raios permanecem eternamente quietos e imperturbados dentro de mim.
Quero alcançá-Los no silêncio e na certeza, pois em nenhum outro lugar pode a certeza ser achada. Que a paz esteja comigo e com o mundo todo.
Na santidade fomos criados e na santidade permanecemos.
O Teu Filho é como Tu em perfeita impecabilidade.
E com esse pensamento alegremente dizemos “Amém”.

Publicado por Joma Sipe às 08:24
link do post | favorito
|
Terça-feira, 30 de Maio de 2006

Lição 361 - Quero dar-Te esse instante santo.

Quero dar-Te esse instante santo.
Tu estás no controle.
Pois eu quero seguir-Te, certo de que a Tua direção me dá paz.
E se eu precisar de uma palavra que me ajude, Ele a dará a mim.
Se precisar de um pensamento, Ele também o dará.
E se eu precisar apenas de serenidade e de uma mente tranqüila e aberta, estas são as dádivas que receberei Dele.
Ele está no controle porque eu pedi.
E Ele me ouvirá e me responderá porque fala por Deus meu Pai e pelo Seu Filho santo.

Publicado por Joma Sipe às 09:06
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Maio de 2006

Lição 313 - Que uma nova percepção venha a mim agora.

Pai, há uma visão que contempla todas as coisas sem pecado, de forma que o medo se vai e o amor é convidado a vir ocupar o seu lugar.
E o amor virá aonde for chamado.
Essa visão é a Tua dádiva.
Os olhos de Cristo olham para um mundo perdoado.
Na vista de Cristo todos os pecados do mundo são perdoados, pois Ele não vê nenhum pecado em nada do que contempla.
Que a Sua percepção verdadeira venha a mim agora, para que eu possa despertar do sonho do pecado e olhar para a impecabilidade dentro de mim, que conservaste completamente inviolada sobre o altar ao Teu Filho santo, o Ser com o Qual quero me identificar.
Hoje contemplamos um ao outro na vista de Cristo.
Como somos belos!
Quão santos e amorosos!
Irmão, vem e une-te a mim hoje.
Nós salvamos o mundo quando estamos unidos.
Pois na nossa visão, ele vem a ser tão santo quanto a luz em nós.

Publicado por Joma Sipe às 08:16
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Maio de 2006

Lição 309 - Hoje não terei medo de olhar para dentro.

Dentro de mim está a Inocência Eterna, porque é a Vontade de Deus que Ela lá esteja para todo o sempre.
Eu, Filho de Deus, cuja vontade é sem limites como a Sua própria, não posso querer mudar isso.
Pois negar a Vontade de meu Pai é negar a minha própria vontade.
Olhar para dentro é apenas achar a minha vontade, tal como Deus a criou e tal como ela é.
Tenho medo de olhar para dentro porque penso que fiz outra vontade que não é verdadeira e tornei-a real.
Mas ela não tem efeitos.
Dentro de mim está a santidade de Deus.
Dentro de mim está a memória de Deus.
Meu Pai, o passo que dou hoje é, com toda certeza, a minha liberação dos sonhos vãos do pecado.
O Teu altar se ergue sereno e inviolável.
É o altar santo ao meu Ser e nele acho a minha verdadeira Identidade.

Publicado por Joma Sipe às 08:37
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

Lição 307 - Desejos conflitantes não podem ser a minha vontade.

Pai, a Tua Vontade é a minha e nada mais.
Não existe outra vontade que eu possa ter.
Que eu não tente fazer outra vontade, pois isso não tem sentido e me causará dor.
Só a Tua Vontade pode me trazer felicidade e só a Tua existe.
Se eu quero o que só Tu podes dar, tenho que aceitar a Tua Vontade para mim e entrar na paz, onde o conflito é impossível, o Teu Filho é um Contigo no que ele é na sua vontade, e nada contradiz a verdade santa de que eu permaneço tal como me criaste.
E, com essa prece, entramos silenciosamente em um estado onde o conflito não pode vir porque unimos a nossa santa vontade à Deus, reconhecendo que são a mesma.

Publicado por Joma Sipe às 08:27
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Maio de 2006

Lição 305 - Há uma paz que Cristo nos concede.

Aquele que só usa a visão de Cristo acha uma paz tão profunda e serena, tão imperturbável e totalmente imutável, que o mundo não tem equivalente para ela.
As comparações se calam diante dessa paz.
E o mundo todo parte em silêncio à medida em que essa paz o envolve e o carrega gentilmente à verdade para que não seja mais a casa do medo.
Pois o amor veio e curou o mundo dando-lhe a paz de Cristo.
Pai, a paz de Cristo nos é dada, porque é Tua Vontade que sejamos salvos.
Ajuda-nos, hoje, a aceitar apenas a Tua dádiva sem julgá-la.
Pois ela veio a nós para salvar-nos do nosso julgamento de nós mesmos.

Publicado por Joma Sipe às 08:17
link do post | favorito
|
Terça-feira, 23 de Maio de 2006

Lição 302 - Onde havia escuridão eu contemplo a luz.

Pai, os nossos olhos enfim estão se abrindo.
O Teu mundo santo nos espera, enquanto a nossa vista nos é enfim restituída e podemos ver. Pensávamos que sofríamos.
Mas havíamos esquecido o Filho que criaste.
Agora vemos que a escuridão é a nossa própria imaginação e a luz existe para que olhemos para ela. A visão de Cristo transforma a escuridão em luz, pois quando vem o amor, o medo tem que desaparecer.
Que hoje eu perdoe o Teu mundo santo para que possa olhar para a sua santidade e compreender que apenas reflete a minha.
O nosso Amor nos espera quando vamos a Ele e anda ao nosso lado, mostrando-nos o caminho.
Ele não falha em nada.
Ele é o fim que buscamos e o meio pelo qual vamos a Ele.

Publicado por Joma Sipe às 09:13
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

Lição 301 - E o próprio Deus enxugará todas as lágrimas.

Pai, a menos que eu julgue, não posso chorar.
Não posso sofrer qualquer dor ou sentir-me abandonado ou desnecessário no mundo.
Essa é a minha casa porque não a julgo, portanto, ela é apenas o que é a Tua Vontade.
Que hoje eu a contemple sem condenação, com os olhos felizes que o perdão libertou de toda distorção.
Que eu veja o Teu mundo ao invés do meu.
E todas as lágrimas que derramei serão esquecidas, pois a sua fonte se foi.
Pai, hoje não julgarei o Teu mundo.
O mundo de Deus é feliz.
Aqueles que olham para ele podem apenas acrescentar-lhe a alegria que sentem e abençoá-lo como motivo de maior alegria em si mesmos.
Chorávamos porque não compreendíamos.
Mas aprendemos que o mundo que víamos era falso e hoje olharemos para o mundo de Deus.

Publicado por Joma Sipe às 08:33
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

Lição 299 - A santidade eterna habita em mim.

A minha santidade está muito além da minha própria capacidade de compreender ou conhecer. Entretanto, Deus, meu Pai, que a criou reconhece a minha santidade como a Sua.
A nossa Vontade conjunta a compreende.
A nossa Vontade conjunta tem o conhecimento de que isso é assim.
Pai, a minha santidade não vem de mim.
Não é minha para ser destruída pelo pecado.
Não é minha para sofrer ataques.
As ilusões podem obscurecê-la, mas não podem apagar a sua radiância, nem diminuir a sua luz.
É para sempre perfeita e intacta.
Nela, todas as coisas são curadas, pois permanecem tais como Tu as criaste.
E eu posso conhecer a minha santidade.
A própria Santidade me criou e posso conhecer a minha Fonte porque é Tua Vontade que sejas conhecido.

Publicado por Joma Sipe às 08:41
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Maio de 2006

Lição 298 - Pai, eu Te amo e amo o Teu Filho.

A minha gratidão permite que o meu amor seja aceite sem medo.
E assim sou enfim restituído à minha Realidade.
O perdão remove tudo o que interferia com a minha vista santa.
E chego ao fim das jornadas sem sentido, das carreiras loucas e dos valores artificiais.
No lugar deles, aceito o que Deus estabelece como meu, certo de que só nisso serei salvo, certo de que atravesso o medo para encontrar meu Amor.
Pai, hoje venho a Ti, porque não quero seguir nenhum outro caminho senão o Teu.
Estás ao meu lado.
O Teu caminho é certo.
E estou agradecido por Tuas dádivas santas: um santuário seguro e o modo de escapar de tudo o que iria obscurecer o meu amor por Deus, meu Pai e pelo Seu Filho santo.

Publicado por Joma Sipe às 08:56
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Maio de 2006

Lição 296 - Hoje, o Espírito Santo fala através de mim.

Hoje, o Espírito Santo precisa da minha voz para que o mundo todo possa escutar a Tua Voz e ouvir o Teu Verbo através de mim.
Estou decidido a deixar que fales através de mim.
Estou decidido a deixar que fales através de mim, pois não quero usar outras palavras senão as Tuas ou ter pensamentos separados dos Teus, pois só os Teus são verdadeiros.
Quero ser o salvador do mundo que fiz.
Pois, tendo-o amaldiçoado, quero libertá-lo para que eu possa escapar e ouvir o Verbo que a Tua Voz santa me dirá hoje.
Hoje, ensinamos o que queremos aprender e só isso.
E assim a nossa meta de aprendizado fica sem conflitos e passível de fácil alcance e rápida realização.
Com que alegria o Espírito Santo vem nos resgatar do inferno, quando deixamos o Seu ensinamento persuadir o mundo, por nosso intermédio, a buscar e achar o fácil atalho para Deus.

Publicado por Joma Sipe às 09:04
link do post | favorito
|
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Lição 286 - Hoje, o silêncio do Céu abraça o meu coração.

Pai, como é sereno o dia de hoje!
Com que quietude todas as coisas acham o seu lugar!
Esse é o dia que foi escolhido como o momento em que eu venho a compreender a lição de que não é necessário que eu faça coisa alguma.
Em Ti, todas as escolhas já estão feitas.
Em Ti, todos os conflitos resolvidos.
Em Ti, tudo o que eu espero achar já me foi dado.
A Tua paz é minha.
O meu coração está quieto e a minha mente em repouso.
O Teu Amor é o Céu e o Teu Amor é meu.


A serenidade do dia de hoje nos dará a esperança de que achamos o caminho e já percorremos uma grande parte dele em direção à meta que é totalmente certa.
Hoje não duvidaremos do fim que o próprio Deus nos prometeu.
Confiamos Nele e no nosso Ser, Que ainda é um com Ele.

Publicado por Joma Sipe às 08:38
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Maio de 2006

Lição 285 - Hoje a minha santidade brilha luminosa e clara.

Hoje desperto com alegria esperando apenas que as coisas felizes de Deus venham a mim.
Eu peço que só elas venham e reconheço que o meu convite será respondido pelos pensamentos aos quais o enviei.
E só pedirei coisas alegres à partir do instante em que aceitar a minha santidade.
Pois qual seria a utilidade da dor para mim, que propósito cumpriria o meu sofrimento e como o pesar e a perda poderiam me valer, se hoje a insanidade sai de mim e no seu lugar aceito a minha santidade?
Pai, a minha santidade é a Tua.
Que eu me alegre nela e, através do perdão, seja restituído à sanidade.
O Teu Filho ainda é tal como o criaste.
A minha santidade é parte de mim e também parte de Ti.
E o que poderia alterar a Santidade em Si Mesma?

Publicado por Joma Sipe às 14:06
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Maio de 2006

Lição 284 - Posso escolher mudar todos os pensamentos que ferem.

A perda não é perda quando correctamente percebida.
A dor é impossível.
Não há pesar que tenha qualquer causa em absoluto.
E o sofrimento, sob qualquer forma, não passa de um sonho.
Essa é a verdade, de inicio para ser apenas dita e depois muitas vezes repetida;
Em seguida para ser aceita como apenas parcialmente verdadeira, com muitas reservas.
E então para ser cada vez mais seriamente considerada e, finalmente, aceita como a verdade.
Posso escolher mudar todos os pensamentos que ferem.
E hoje quero ir além destas palavras, além de todas as reservas e chegar à plena aceitação da verdade que está nelas.
Pai, o que nos deste não pode ferir, por isso o pesar e a dor têm que ser impossíveis.
Que hoje eu não falhe em confiar em Ti, aceitando apenas o que é alegre como Tua dádiva, aceitando apenas o que é alegre como a verdade.

Publicado por Joma Sipe às 08:32
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

Lição 282 - Hoje, não terei medo do amor.

Se eu conseguisse compreender apenas isso hoje, a salvação seria alcançada para todo o mundo.
Essa é a decisão de não ser insano e de me aceitar tal como o próprio Deus, meu Pai e minha Fonte, me criou.
Essa é a determinação de não adormecer em sonhos de morte, enquanto a verdade permanece eternamente viva na alegria do amor. E essa é a escolha de reconhecer o Ser Que Deus criou como o Filho que Ele ama e Que continua sendo a minha única Identidade.
Pai, o Teu Nome é Amor e o meu também.
Essa é a verdade.
E pode a verdade ser mudada simplesmente dando-lhe outro nome?
O nome do medo é simplesmente um equívoco.
Que eu não tenha medo da verdade hoje.

Publicado por Joma Sipe às 13:19
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Maio de 2006

Lição 281 - Nada pode me ferir, exceto os meus pensamentos.

Pai, o Teu Filho é perfeito.
Quando penso estar de algum modo ferido é porque esqueci quem sou e que sou tal como me criaste. Os Teus Pensamentos só me podem trazer felicidade.
Se estou triste, ferido ou doente, eu me esqueci do que tu pensas e coloquei as minhas pequenas idéias em significado no lugar que pertence aos Teus Pensamentos e onde eles estão.
Nada pode me ferir, exceto os meus pensamentos.
Os Pensamentos que penso Contigo só podem abençoar.
Só os Pensamentos que penso Contigo são verdadeiros.
Hoje não vou ferir a mim mesmo.
Pois estou muito além de qualquer dor.
O meu Pai me colocou a salvo no Céu e vela por mim.
E eu não quero atacar o Filho que Ele ama, pois o que Ele ama também é meu para amar.

Publicado por Joma Sipe às 12:47
link do post | favorito
|
Terça-feira, 9 de Maio de 2006

Lição 280 - Que limites posso estabelecer para o Filho de Deus?

Aquele que Deus criou sem limites é livre.
Posso inventar uma prisão para ele, mas só em ilusões, não na verdade.
Nenhum Pensamento de Deus deixou a Mente de seu Pai.
Nenhum Pensamento de Deus é, de modo algum, limitado.
Nenhum Pensamento de Deus deixa de ser para sempre puro.
Posso estabelecer limites para o Filho de Deus quando seu Pai determinou que ele fosse sem limites e como Ele, na liberdade e no amor?
Hoje, que eu honre o Teu Filho, pois só assim posso achar o caminho para Ti.
Pai, não estabeleço limites para o Filho que Tu amas e criaste sem limites.
A honra que lhe dou é Tua e o que é Teu também me pertence.

Publicado por Joma Sipe às 08:48
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Maio de 2006

Lição 278 - Se sou limitado, o meu Pai não é livre.

Se aceito que sou um prisioneiro dentro de um corpo,
num mundo em que todas as coisas que aparentam viver parecem morrer,
então o meu Pai é prisioneiro comigo.
E é nisso que eu acredito quando afirmo que tenho que obedecer às leis que o mundo obedece,
que as fragilidades e os pecados que percebo são reais e não se pode escapar.
Se sou limitado de qualquer forma, não conheço o meu Pai e nem o meu Ser.
E estou perdido para toda realidade.
Pois a verdade é livre e o que é limitado não faz parte da verdade.
Pai, nada peço senão a verdade.
Já tive muitos pensamentos tolos sobre mim mesmo e a minha criação
e trouxe um sonho de medo para a minha mente.
Hoje não quero sonhar.
Escolho o caminho para Ti no lugar da loucura e do medo.
Pois a verdade é segura e só o amor é certo.

Publicado por Joma Sipe às 08:34
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Maio de 2006

Lição 275 - A Voz de Deus, que traz a cura, protege todas as coisas hoje.

Hoje prestemos atenção à Voz por Deus, que dá uma lição antiga,
em nada mais verdadeira nesse dia do que em qualquer outro.
Mas esse dia foi escolhido como o momento em que buscamos e ouvimos e aprendemos e compreendemos.
Une-te a mim para ouvir.
Pois a Voz por Deus nos diz coisas que não podemos compreender sozinhos e nem aprender separados.
É nisso que todas as coisas são protegidas.
E nisso a cura que vem da Voz por Deus é achada.
A Tua Voz que traz a cura hoje protege todas as coisas,
e assim, entrego tudo a Ti.
Eu não preciso estar ansioso a respeito de nada.
Pois a Tua Voz me dirá o que fazer e aonde ir,
a quem falar e o que dizer a ele,
que pensamentos ter,
que palavras dar ao mundo.
A segurança que trago me é dada.
Pai, a Tua voz protege todas as coisas através de mim.

Publicado por Joma Sipe às 08:48
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Maio de 2006

Lição 274 - O dia de hoje pertence ao Amor. Que eu não tenha medo.

Pai, hoje quero deixar que todas as coisas sejam como Tu as criaste
e dar ao Teu Filho a honra devida à sua impecabilidade, o amor de um irmão ao seu irmão e ao seu Amigo.
Através disso sou redimido.
Através disso, a verdade também penetrará onde estavam as ilusões,
a luz tomará o lugar de toda escuridão
e o Teu Filho terá o conhecimento de que ele é tal como o criaste.
Uma benção especial vem a nós hoje Daquele Que é o nosso Pai.
Dá a Ele esse dia e, hoje, não haverá medo, porque o dia foi dado ao Amor.

Publicado por Joma Sipe às 09:05
link do post | favorito
|